Foi divulgada a lista de longas-metragens que integrarão a Mostra Competitiva do 28° Cine Ceará – Festival Ibero-americano, que acontece de 4 a 10 de agosto em Fortaleza.

Foram oito filmes selecionados, dentre trezentos inscritos, com produções do Brasil, da Espanha, do Chile, da Colômbia e uma coprodução Brasil, Portugal e França. Das oito produções da Mostra Competitiva, três são brasileiras, são elas: “O Barco“, de Petrus Cariry, sobre uma mulher de uma comunidade de pescadores no Ceará que tem 26 filhos e terá o destino alterado pela chegada de um barco e de uma mulher misteriosa; “Eduardo Galeano Viramundo”, de Felipe Nepomuceno, que fala sobre o escritor uruguaio falecido em 2015; e “Anjos de Ipanema”, de Conceição Senna, que conta a história do Pier de Ipanema, ícone da contracultura e do surf no Rio de Janeiro dos anos 1970.

Outro destaque é a coprodução Brasil, Portugal e França “Diamantino“, de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, vencedor do Grande Prêmio da Semana da Crítica no Festival de Cannes. O filme mostra um famoso jogador de futebol que ao ver sua carreira em declínio entra numa odisseia delirante em que confronta o neofascismo, se envolve com a crise de refugiados, modificação genética, até a busca pela origem da genialidade. Será a primeira exibição de “Diamantino” no Brasil.

A lista de selecionados para a Mostra Competitiva Brasileira de Curta-metragem será divulgada em breve.

Confira abaixo a lista de longas-metragens da Mostra Competitiva do 28° Cine Ceará – Festival Ibero-americano:

  • Amália, a Secretária, de Andrés Burgos. Ficção. 103 min. Colômbia. 2017 (Première Nacional)
  • Anjos de Ipanema, de Conceição Senna. Documentário. 90 min. Brasil. 2018 (Première Mundial)
  • Cabras de Merda, de Gonzalo Justiniano. Ficção. 118 min. Chile. 2017 (Première Nacional)
  • Diamantino,de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt. Ficção. 92 min. Brasil, Portugal, França. 2018 (Première Nacional)
  • Eduardo Galeano Viramundo, de Felipe Nepomuceno. Documentário. 72 min. Brasil. 2018 (Première Mundial)
  • O Barco, de Petrus Cariry. Ficção. 72 min. Brasil. 2018 (Première Nacional)
  • Petra, de Jaime Rosales. Ficção. 107 min. Espanha. 2018 (Première Nacional)
  • Senhorita Maria, a Saia da Montanha, de Rubén Mendoza. Documentário. 90 min. Colômbia. 2017 (Première Nacional)

Serviço

28° Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema
De 4 a 10 de agosto de 2018 em Fortaleza
Informações: www.cineceara.com
Grátis