Em sua terceira edição, o ANIMACINE – Festival de Animação do Agreste divulgou sua lista de premiados das mostras competitivas. A escolha foi feita pelo júri, formado exclusivamente por mulheres do audiovisual, composta este ano pela diretora Renata Claus, a pesquisadora Christiane Quaresma e a produtora Karine Monteiro. O anúncio ocorreu na noite do último sábado (9), em Gravatá.

O troféu de melhor curta nacional foi para “Quando os Dias Eram Eternos” (São Paulo, 2016), de Marcus Vinícius Vasconcelos, que soma mais um reconhecimento para sua estante (melhor curta e trilha no Festival de Brasília e melhor animação em Havana – Cuba).

O melhor curta internacional foi para a produção polonesa “Periquita” (Cipka/Pussy), da jovem diretora Renata Gasiorowska. A animação polonesa também ganhou menção honrosa pelo júri Fepec do ANIMACINE.

Em parceria com a Federação Pernambucana de Cineclubes (Fepec), foram destinados troféus sob um júri especial, formado por Davi Felix (Cine Cuca Livre, de Caruaru), Iris Regina (Cineclube Bamako, de Recife) e Karla Ferreira (Cineclube Taquary, de Taquaritinga do Norte).

Levaram os troféus, no prêmio Fepec, os curtas “Animais”, de Guilherme Alvernaz (nacional), “The Box”, de Merve Cirisoglu Cotu, e ainda “Vênus – Filó, a Fadinha Lésbica”, de Sávio Leite, e “Periquita” (Cipka), de Renata Gasiorowska (ambos com menção honrosa).

Veja abaixo a lista completa de premiados:

Melhor Curta Nacional

Quando os Dias Eram Eternos (São Paulo, 2016), Marcus Vinícius Vasconcelos

Melhor Curta Internacional

Periquita (Cipka), Renata Gasiorowska, Polônia, 2016

Melhor Curta Latino-Americano

Afterwork (Equador / Espanha / Peru, 2016), de Luis Uson

Melhor Curta – Formação

Sayounara (Belo Horizonte, 2016), Débora Mini

Melhor Roteiro

Cavalls Morts (Cavalos Mortos), Marc Riba, Espanha, 2016

Melhor Concepção Sonora

Plantae (Rio de Janeiro, 2017), Guilherme Gehr

Melhor Direção de Arte

Fazenda Rosa (Recife, 2017), Chia Beloto

Melhor Técnica de Animação

Great Headless Bank, de Carine Khalife, 2016

Escolha do Público

O Ex-Mágico (Recife, 2016), Olímpio Costa e Maurício Nunes

Premiação FEPEC

Nacional

Animais (São Paulo, 2016), Guilherme Alvernaz

Internacional

The Box (Síria, 2016), Merve Cirisoglu Cotu

Menção Honrosa FEPEC

Venus – Filó, a Fadinha Lésbica (MG, 2017), Savio Leite

Periquita (Cipka), Renata Gasiorowska, Polônia, 2016

Foto de capa: Quando os Dias Eram Eternos”, de Marcus Vinícius Vasconcelos