A atriz Mary Tsoni, conhecida por seu trabalho no cultuado filme “Dente Canino” (2009), de Yorgos Lanthimos, foi encontrada morta em seu apartamento, em Atenas, Grécia, nessa última segunda (8). A causa ainda não foi revelada. Segundo informações da imprensa local, a atriz sofria de depressão.

Mary Tsoni tinha 30 anos e liderava a banda punk Mary and The Boy, e participou de seis filmes ao longo da carreira, tendo alcançando o reconhecimento por seu trabalho em “Dente Canino“, onde venceu o prêmio de melhor atriz no Festival de Sarajevo em 2009, juntamente com a atriz Angeliki Papoulia, que também atuou em “Dente Canino“.

No celebrado filme grego de Yorgos LanthimosMary Tsoni interpretou a irmã mais nova na trama sobre três adolescentes que vivem confinados em casa pelos pais, aprendem diariamente um vocabulário todo próprio, seguem rígidas normas e não têm contato com a sociedade. Quem cria, educa e ensina todo para as crianças são os pais, porém, excluindo toda e qualquer influência do mundo lá fora. A situação piora quando as crianças começam a fazer questionamentos que não fazem mais sentido no mundo em eles vivem.

Dente Canino” foi indicado ao Oscar na categoria de Melhor Filme Estrangeiro em 2011, no qual o filme dinamarquês “Em um Mundo Melhor” (2010), de Susanne Bier, saiu com a estatueta.

Mary Tsoni e Angeliki Papoulia no Festival de Cannes em 2009, na première de Dente Canino.

Descanse em paz, Mary Tsoni.