A clássica obra “A Bela da Tarde” (Belle de Jour, 1967) comemora 50 de lançamento neste ano e chegará aos cinemas brasileiros em cópia restaurada.

Premiado no Festival de Veneza 1967 (Leão de Ouro & Pasinetti Award) e com uma bela indicação de melhor atriz por parte de Catherine Deneuve no BAFTA Awards 1969, “A Bela da Tarde” é um grande clássico do cinema mundial e uma das obras mais marcantes da filmografia de Luis Buñuel, que é considerado o principal expoente do Surrealismo no cinema.

No filme, a bela e jovem dona de casa Severine Serizy (Catherine Deneuve) não consegue conciliar sua fantasia masoquista com a vida cotidiana ao lado do zeloso marido Pierre. Quando seu amigo Henri menciona um secreto bordel de classe alta, dirigido por Madame Anais, Severine decide visitá-lo e, eventualmente, passa a trabalhar lá durante o dia sob o nome de Bela da Tarde. Porém, quando um de seus clientes se torna possessivo, ela precisa tentar voltar à sua vida normal.

A Bela da Tarde” estreia no dia 7 de dezembro, nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Fortaleza, Teresina, Niterói, Aracaju, João Pessoa e Curitiba, com distribuição da Zeta Filmes.