Após divulgar, na manhã de ontem, o cartaz oficial de sua 71ª edição, o Festival de Cannes 2018 ganha mais corpo e anuncia a sua seleção oficial de filmes.

A seleção conta com novos filmes de cineastas consagrados, como Jean-Luc GodardJia Zhang-KeJafar PanahiSpike Lee, que disputarão a Palma de Ouro, prêmio máximo de Cannes.

O filme de abertura será “Everybody Knows“, de Asghar Farhadi, que foi rodado na Espanha e que conta com Penélope Cruz e Javier Bardem no elenco principal. É a primeira vez desde 2004 que um filme que não é falado nem em inglês nem em francês é escolhido para abrir o festival.

O esperado filme brasileiro “O Grande Circo Místico“, de Cacá Diegues, integra a Sessão Especial, juntamente com grandes nomes, como o documentarista chinês Wang Bing e o cineasta alemão Wim Wenders.

Lembrando que mais filmes poderão ser incluídos no Festival de Cannes 2018, que acontece entre os dias 8 e 19 de maio.

ABERTURA

“Everybody Knows”, Asghar Farhadi (Irã)

COMPETIÇÃO

“The image book”, Jean-Luc Godard (França)

“Blackkklansman”, Spike Lee (EUA)

“Three Faces”, Jafar Panahi (Irã)

“Cold War”, Pawel Pawlikowski (Polônia)

“Leto”, Kirill Serebrennikov (Rússia)

“Lazzaro Felice”, Alice Rohrwacher (Itália)

“Under The Silver Lake”, David Robert Mitchell (EUA)

“Capernaum”, Nadine Labaki (Líbano)

“At War”, Stephane Brizé (França)

“Asako I&II”, Ryusuke Hamaguchi (Japão)

“Sorry Angel”, Christophe Honoré (França)

“Dogman”, Matteo Garrone (Itália)

“Girls Of The Sun”, Eva Husson (França)

“Yomeddine”, A.B Shawky (Egito)

“Burning”, Lee-Chang Dong (Coreia do Sul)

“Shoplifters”, Hirokazu Kore-Eda (Japão)

“Ash Is Purest White”, Jia Zhang-Ke (China)

SESSÕES ESPECIAIS

“Dead Souls”, Wang Bing (China)

“10 Years In Thailand”, Aditya Assarat, Wisit Sasanatieng, Chulayarnon Sriphol & Apichatpong Weerasethakul (Tailândia)

“Pope Francis – A Man Of His Word”, Wim Wenders (Alemanha)

“La Traversée”, Romain Goupil (França)

“To The Four Winds”, Michel Toesca (França)

“O grande circo místico”, Carlos Diegues (Brasil)

“The State Against Mandela And The Others”, Nicolas Champeaux & Gilles Porte (França)

SESSÕES DA MEIA-NOITE

“Arctic”, Joe Penna (Brasil)

“The Spy Gone North”, Yoon Jong-Bing (Coreia do Sul)

FORA DE COMPETIÇÃO

“Le Grand Bain”, Gilles Lellouche (França)

“Solo: A Star Wars Story”, Ron Howard (EUA)

UN CERTAIN REGARD

“Long Day’s Journey Into Night”, Bi Gan (China)

“Little Tickles”, Andréa Bescond & Eric Métayer ( França)

“Sofia”, Meyem Benm’Barek (França)

“Border”, Ali Abbasi (Irã)

“Sextape”, Antoine Desrosières (França)

“The Gentle Indifference Of The World”, Adilkhan Yerzhanov (Cazaquistão)

“El Angel”, Luis Ortega (Argentina)

“In My Room”, Ulrich Kohler (Alemanha)

“The Harvesters”, Etienne Kallos (África do Sul)

“My Favorite Fabric”, Gaya Jiji (Síria)

“Friend”, Wanuri Kahiu (Quênia)

“Euphoria”, Valeria Golino (Itália)

“Angel Face”, Vanessa Filho (França)

“Girl”, Lukas Dhont (Bélgica)

“Manto”, Nandita Das (Índia)