Está no ar mais um “Luz! Câmera! Exploitation!“, o programa mais ridículo da internet brasileira, perfeito para a vovó e o vovô. No programa de hoje nós falamos sobre o clássico italiano “Cannibal Ferox” (1981), dirigido por Umberto Lenzi, que veio no embalo do polêmico filme “Holocausto Canibal” (1980) de Ruggero Deodato.

Cannibal Ferox“, que também é chamado de Canibal Xerox pelos fãs do cinema de horror. A trama é quase idêntica ao filme de seu conterrâneo, com um apelo maior a violência gráfica, com objetivo de chocar o público, o apresentado como o filme mais violento já feito, palavras do próprio Lenzi.

E claro que esse é o tipo de filme que gostamos de comentar aqui no “Luz! Câmera! Exploitation!“, pois tem que ser exploitation com gosto. E “Cannibal Ferox” consegue ser assim, pois ele além de embarcar na fórmula que estava em alta com os filmes de canibais, ele extrapola o gênero e o leva para as alturas com a sua violência extrema.

Pois então, está na hora do programa da semana. O assista tomando uma cerveja e/ou fugindo de índios canibais.

Participantes do Programa
Thiago Costa
Cesar Augusto
Rodrigo Brandão

Imagens e Edição
Tiago A. Neves

cannibal ferox

 

Contato
Facebook: Página Revista Spiral
Twitter: @Revista Spiral
YouTube: Canal da Revista Spiral
Instagram: Revista Spiral