Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, que é considerada como o mais importante evento audiovisual sul-americano dedicado a temas socioambientais, divulgou a lista de filmes que vão integrar a Competição Latino-Americana de sua 7ª edição.

São 28 títulos selecionados, representando produções de oito países da América Latina: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Honduras, México e Peru. A competição recebeu novo recorde de inscrições, em um total de 383 filmes, de 18 nações da região.

Entre os destaques da competição está o curta-metragem colombiano “A Selva o Conhece Melhor que Você Mesmo”, de Juanita Onzaga, que focaliza dois gêmeos em busca de paisagens místicas na selva colombiana e foi vencedor do Prêmio Especial do Júri da Mostra Generation 14plus do Festival de Berlim, além de ter participado de eventos na Alemanha, Bélgica, Canadá, Espanha, Islândia, México e Suécia, entre outros países.

Já a representação brasileira é integrada por 19 filmes, sendo oito deles longas-metragens. Entre eles estão “Dedo na Ferida”, novo filme do diretor Silvio Tendler, que aqui ele trata do fim do estado de bem-estar social, com milhões de pessoas peregrinando em busca de melhores condições. E “Baronesa”, de Juliana Antunes, que se passa em um bairro na periferia de Belo Horizonte onde duas mulheres enfrentam os perigos da guerra do tráfico e as tragédias das chuvas. A obra conquistou, entre outras premiações, a de Melhor Documentário no Festival de Havana, Prêmio do Público no Festival de Marselha e o Prêmio da Crítica no Festival de Valdivia e na Competição Latino-Americana do Festival de Mar del Plata. No Brasil, venceu a Competição Aurora da Mostra de Tiradentes, o prêmio de Melhor Montagem e de Melhor Atriz na Mostra Internacional em São Paulo e de Melhor Filme e Melhor Roteiro no Festival de Vitória.

A Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental celebra a Semana Nacional do Meio Ambiente e o Dia Mundial do Meio Ambiente (que comemora-se no dia 5 de junho) e acontece de 31 de maio a 13 de junho em diversas salas da cidade de São Paulo, com entrada franca.

Veja a lista de filmes selecionados:

A Selva o Conhece Melhor Que Você” – Juanita Omzaga (Colômbia/Bélgica, 2017, 20 min)
A Terceira Margem” – Fabian Remy (Brasil/França, 2016, 57 min)
Abigail” – Valentina Homem (Brasil, 2016, 17 min)
Água Mole Pedra Dura” – Flavia Angelico e James Robert Lloyd (Brasil, 2017, 68 min)
Baronesa” – Juliana Antunes (Brasil, 2017, 71 min)
Berta Vive” – Katia Lara (Honduras, 2016, 20 min)
Cidade Maya” – Andrés Padilla Domene (México/França, 2016, 24 min)
Corp” – Pablo Polledri (Argentina, 2016, 9 min)
Dedo na Ferida” – Silvio Tendler (Brasil, 2017, 92 min)
Espólio da Cidade” – Paulo Murilo Fonseca e Andre Turazzi (Brasil, 2017, 79 min)
Estado de Exceção” – Jason O’Hara (Brasil/Canadá, 2017, 89 min)
Estamos Todos Aqui” – Chico Santos e Rafael Mellim (Brasil, 2017, 20 min)
Estás Vendo Coisas” – Bárbara Wagner e Benjamin de Burca (Brasil, 2016, 18 min)
Fantasia de Índio” – Manuela Andrade (Brasil, 2017, 18 min)
Fronteira Invisível” – Nicolás Richat e Nico Muzi (Argentina/Bélgica, 2016, 28 min)
Histórias de Cumaru” – Simone Giovine (Brasil, 2018, 18 min)
Krenak” – Rogério Corrêa (Brasil, 2017, 74 min)
Nanã” – Rafael Amorim (Brasil, 2017, 25 min)
O Delírio é a Redenção dos Aflitos” – Fellipe Fernandes (Brasil, 2016, 21 min)
O Eterno Retorno” – Roberto Mathews (Chile, 2016, 28 min)
Plantae” – Guilherme Gehr (Brasil, 2017, 10 min)
Quilombo Rio dos Macacos” – Josias Pires Neto (Brasil, 2017, 120 min)
Río Verde, o Tempo dos Yakurunas” – Alvaro Sarmiento e Diego Sarmiento (Peru, 2017, 70 min)
Sertão Velho Cerrado” – André D’Elia (Brasil, 2018, 96 min)
Sob a Pata do Boi” – Marcio Isensee e Sá (Brasil, 2018, 49 min)
Terra Solitária” – Tiziana Panizza (Chile, 2017, 107 min)
Terras Brasileiras” – Dulce Queiroz (Brasil, 2017, 55 min)
Velha Caveira” – Kiro Russo (Bolívia/Qatar, 2016, 78 min)

Serviço

7ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

31 de maio a 13 de junho de 2018
Entrada Franca

Locais:

Cine Reserva Cultural
Centro Cultural Banco do Brasil
Circuito Spcine Lima Barreto (Centro Cultural São Paulo)
Circuito Spcine Paulo Emílio (Centro Cultural São Paulo)
Circuito Spcine Olido
Espaço Itaú Augusta
Fábrica Brasilândia
Fábrica Capão Redondo
Fábrica Cidade Tiradentes
Fábrica Itaim Paulista
Fábrica Jaçanã
Fábrica Jardim São Luís
Fábrica Parque Belém
Fábrica Sapopemba
Fábrica Vila Curuçá
Fábrica Vila Nova Cachoeirinha