O documentário “O Processo” (2018), de Maria Augusta Ramos, venceu o prêmio de Melhor Longa-Metragem Internacional no Festival Documenta Madri, na Espanha.

O filme já tinha levado o Prêmio Silvestre e o Prêmio do Público de Melhor Longa-Metragem no Festival Indie Lisboa, em Portugal, e conquistado o de Melhor Longa-Metragem na Competição Internacional do Festival Internacional de Documentários Visions du Reel em Nyon, na Suíça.

Pela energia e tensão com que revela a teia de interesses que subjaz a uma situação de ressonâncias globais para as quais é dado um tratamento deliberadamente simples“, justifica o júri em relação ao prêmio concedido ao filme.

O longa, que estreou mundialmente em fevereiro, no Festival de Berlim e foi escolhido pelo público como o terceiro melhor documentário da Mostra Panorama, retrata o processo que culminou no impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff, em 31 de agosto de 2016.

O Processo” estreia nos cinemas brasileiros em 17 de maio.