Já estamos na segunda metade de 2017 e, olhando em retrospecto, quais foram os grandes filmes que chegaram aos cinemas brasileiros (ou em streaming) no primeiro semestre do ano?

Fazendo uma rápida análise, tivemos ótimos lançamentos, e para diferentes nichos, sejam filmes do grande circuito de super produções até mesmo dentro do circuito mais alternativo.

Os filmes indicados ao Oscar 2017 também se destacaram dentre as estreias do ano, com produções de orçamento modesto e que encantaram o público, seja por conta de suas narrativas, por conta de seus temas, ou até mesmo pelos dois fatores, como é o caso de “Moonlight: Sob a Luz do Luar” (2016), de Barry Jenkins, que levou o Oscar de Melhor Filme neste ano.

Tivemos ótimas produções que saíram de Cannes também, seja filmes que estiveram na competição do ano passado ou até mesmo na competição deste ano, que é o caso de “Okja” (2017), produção da Netflix, que conta com a direção de Bong Joon-ho.

Um grande passo também foi dado para a distribuição de filmes brasileiros, com o projeto da Sessão Vitrine Petrobras, que levou ao cinema filmes de variados formatos, o que mostra a pluralidade da produção do cinema nacional.

E, por fim, o grande destaque das grandes produções hollywoodianas foi o filme “Logan” (2017), de James Mangold, que conta com a despedida de Hugh Jackman no papel do mutante Wolverine .

Veja abaixo abaixo a lista dos 10 melhores filmes lançados no Brasil até agora e aguardem o fim de 2017, quando lançaremos a nossa clássica lista dos 50 melhores filmes do ano.

Os 10 Melhores Filmes do Primeiro Semestre de 2017, por Henrique de Oliveira

01 – “Moonlight: Sob a Luz do Luar” (2016), de Barry Jenkins (EUA)
02 – “Eu, Daniel Blake” (2016), de Ken Loach (Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte)
03 – “Toni Erdmann” (2016), de Maren Ade (Alemanha)
04 – “O Apartamento” (2016), de Asghar Farhadi (Irã)
05 – “Logan” (2017), de James Mangold (EUA)
06 – “Corra!” (2017), de Jordan Peele (EUA)
07 – “Animal Político” (2016), de Tião (Brasil)
08 – “Okja” (2017), de Bong Joon-ho (Coréia do Sul/EUA)
09 – “Eu Não Sou Seu Negro” (2016), de Raoul Peck (EUA)
10 – “Martírio” (2016), de Vincent Carelli (Brasil)