O ano de 2017 foi um ano de ótimos filmes, mas como sempre, existem aqueles deslizes cinematográficos de praxe. Alguns desses deslizes já são esperados pelo público cinéfilo assíduo, outros são grandes surpresas decepcionantes. Em alguns casos não temos muitas novidades no front.

Entre algumas ideias novas que soam velhas, adaptações desastrosas, e continuações de franquias que almejam algo, mas não chegam a lugar algum, ficamos tristes por algumas produções, mas esperançosos por um plot twist, e que a indústria um dia pare de fazer filmes genéricos e cada vez mais descartáveis. E também que algumas franquias que já tiveram seus 5 minutos de fama, reencontre o caminho da coerência.

Eis que aí estão os 15 piores filmes lançados em 2017, na minha opinião, é claro.

15 – “Annabelle 2: A Criação do Mal” de David F. Sandberg (EUA)
14 – “A Grande Muralha” de Zhang Yimou (China, EUA)
13 – “Beleza Oculta” de David Frankel (EUA)
12 – “Resident Evil 6: Capítulo Final” de Paul W. S. Anderson (EUA)
11 – “Os Guardiões” de Sarik Andreasyan (Rússia)
10 – “Leatherface – O Início do Massacre” de Alexandre Bustillo, Julien Maury (EUA)
09 – “Olhos Famintos 3” de Victor Salva (EUA)
08 – “O Chamado 3” de F. Javier Gutiérrez (EUA)
07 – “Death Note” de Adam Wingard (EUA)
06 – “Personal Shooper” de Olivier Assayas (França)
05 – “A Torre Negra” de Nikolaj Arcel (EUA)
04 – “Power Rangers – O Filme” de Dean Israelite (EUA)
03 – “Assassins Creed” de Justin Kurzel (EUA)
02 – “Alien: Covenant” de Ridley Scott (EUA)
01 – “A Múmia” de Alex Kurtzman (EUA)

Hors Concours

Transformers: O Último Cavaleiro“, de Michael Bay (EUA)