O roteirista e diretor Robert Eggers, que estreou com o longa “A Bruxa” (2015), anunciou que o seu próximo filme será o remake do clássico do expressionismo alemão “Nosferatu” (1922), dirigido por F. W. MurnauEggers confirmou a notícia através do podcast Filmmaker Toolkit, do portal Indiewire.

“É chocante para mim que eu esteja nesse projeto. Parece um pouco como blasfêmia dirigir Nosferatu, principalmente para um diretor que está no momento da carreira em que eu estou. Eu ia esperar um pouco para meu próximo filme, mas o destino me trouxe esse projeto, foi quando percebi que este é o filme que eu quero fazer”, relatou Eggers.

Embora hesitante, Eggers afirma que esse é o próximo projeto que ele deveria fazer e disse ainda que é um fã do clássico filme de 1922. Não foram revelados mais detalhes, mas Eggers já adiantou que pretende recriar cenários que remetem ao ano de 1830, além de mudar abordagem do vampiro Conde Orlok, imortalizado por Max Schreck

Nosferatu” já ganhou um remake na década de 1970, que contava com Klaus Kinski como protagonista e com a direção de Werner Herzog.