A cineasta argentina Lucrecia Martel desembarca no Brasil para a divulgação do seu novo longa, “Zama” (2017).

Lucrécia Martel é um dos maiores nomes do cinema contemporâneo, seus filmes anteriores, “A Mulher Sem Cabeça” (2008) e “A Menina Santa” (2004), tiveram estreia mundial no Festival de Cannes, e “O Pântano” (2001), no Festival de Berlim.

Na trama de seu mais recente filme, Zama, um oficial da Coroa Espanhola nascido na América do Sul, aguarda uma carta do Rei que deverá autorizá-lo a se transferir da cidade em que vive estagnado para um lugar melhor. Sua situação é delicada: ele deve se certificar de que nada ofusque sua realocação e se vê forçado a aceitar submissamente todas as tarefas que lhe são confiadas por consecutivos governadores que vêm e vão enquanto, ele fica para trás. Os anos passam e a carta do Rei nunca chega. Quando Zama percebe que tudo está perdido, se junta a um grupo de soldados que saem a perseguir um perigoso bandido.

Zama” teve estreia mundial no Festival de Veneza e recentemente foi indicado ao Prêmio Sur 2017, uma das principais premiações argentinas, em 11 categorias, entre elas, melhor filme, melhor direção, melhor ator e melhor direção de arte – com a brasileira Renata Pinheiro. Coproduzido com o Brasil, o filme já passou pelos Festival do Rio 2017, 41ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo e X Janela Internacional de Cinema, no Recife.

O filme estreia dia 29 de março nos cinemas brasileiros.